Artigos

0Comentário

AGRICULTOR: VEM PRA RUA!

Por José Otávio Menten às 12:34:39

AGRICULTOR: VEM PRA RUA!

As manifestações populares estão demonstrando a insatisfação com a situação do Brasil.  Estes protestos, certamente, vão causar efeitos. O gigante acordou! Uma boa oportunidade dos agricultores mostrarem sua indignação com a situação do setor. A sociedade urbana tem chamado a atenção para os problemas de transporte público, saúde, educação, segurança, inflação, corrupção etc. Mas a agricultura não foi lembrada! Os produtores rurais e as lideranças do setor continuam falando muito para nós mesmos! Em 02 de agosto, na COPLACANA, em Piracicaba, reuniram-se centenas de canavieiros para mostrarem sua indignação com a situação do setor. Em 05 de agosto, outras centenas de pessoas se reuniram no Congresso Brasileiro do Agronegócio para mostrar o caos da infraestrutura e logística na agricultura. Investe-se, no Brasil, apenas 0,36% do PIB nestas áreas; em diversos outros países emergentes, os investimentos são de 7 a 10%! O milho produzido em Sinop/MT chega no Porto de Santos para ser exportado com custo mais que o dobro do pago ao produtor no Mato Grosso. O custo do transporte é maior que o valor do produto. Mas a sociedade urbana, que é 85% da nossa população, não sabe disto! Talvez saiba que o agro é importante, responsável por quase 25% do PIB brasileiro, por 33% dos empregos e 36% das nossas exportações. Mas tem que saber dos problemas que temos e apoiar o setor.

Já fomos para a avenida mostrar o agro no Carnaval do Rio de Janeiro este ano e empolgamos a população urbana. Está na hora de fazermos como os agricultores de diversos países: quando se sentem prejudicados vão para as grandes cidades e mostram sua força. Despejam leite, vinho, batatas, frutas, animais, grãos etc. nas ruas. Está na hora dos canavieiros se mobilizarem e fazerem um tratoraço nas cidades que dependem da cana para sua qualidade de vida. Está na hora dos transportadores de grãos mostrarem  o martírio de ficarem vários dias aguardando para descarregarem os produtos agrícolas nos porões dos navios.

O Brasil tem três Ministérios cuidando da agricultura: MAPA (Agricultura), MDA (Desenvolvimento Agrário) e Ministério da Pesca: todos com orçamentos reduzidos. A mesma situação se observa em governos estaduais e municipais: Secretarias da Agricultura com recursos e força política muito pequenos. Mesmo o Brasil sendo essencialmente agrícola, tendo na agricultura nossa principal vantagem em comparação com quase todos os outros países do mundo! É preciso estabelecer políticas públicas que valorizem o agro. É fundamental investimentos no setor.

É essencial o gerenciamento austero e profissional dos recursos disponibilizados para o agro brasileiro.

O setor agrícola tem que buscar apoio dos jovens urbanos que sabem se organizar tão bem através das mídias sociais. É preciso uma manifestação forte, pacífica, ordeira, com a participação de todos que entendam que, sem agricultura e sem agricultores, não teremos alimentos e nem energia renovável, limpa, geradora de empregos e renda. 

 

Publicado por

José Otávio Menten

José Otávio Menten Ver artigos publicados

José Otavio Menten é Professor Associado da USP/ESALQ, Presidente do CCAS - Conselho Científico para Agricultura Sustentável, Coordenador da CoC-EA (Comissão Coordenadora do Curso de Engenharia Agronômica da USP/ESALQ), Membro do Conselho Sup...

jose.menten@agriculturasustentavel.org.br

Comentários

Atualizações

Referências

www.agricultura.gov.br

Ministério da Agricultura - Portal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

www.embrapa.gov.br

Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Política de Privacidade | Termos de Uso

2017 © agriculturasustentavel.org.br Imagenet Tecnologia