Artigos

0Comentário

Desperdício de alimentos e fome

Por José Luiz Tejon às 12:01:20

Desperdício de alimentos e fome

Por José Luiz Tejon Megido, Conselheiro Fiscal do Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) e Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM.
 
Custo de vida e inflação tem ligação direta com o desperdício, mas parece que não, por que o que desperdício de alimentos fica invisível, ninguém vê. Essa economia invisível do desperdício, quando olhamos para as estatísticas ficamos estarrecidos com a brutalidade desses dados.
A batata é considerada a cultura alimentar mais importante do mundo, depois do arroz e do trigo. No Brasil produzimos cerca de três milhões e setecentos mil toneladas de batatas, agora, você sabe quanto se joga fora das batatas brasileiras? Mais de 380 mil toneladas de batatas anualmente vão para o lixo.
Só o que jogamos fora de batatas todos os anos por desperdício seria suficiente para alimentar a demanda de importação existente hoje, de todos os países do leste da África, Ásia Central, América do Sul, ou ainda do Leste Asiático.
Você tem a dimensão do custo dessa indústria do desperdício para a sociedade brasileira e planetária? Significa meio ambiente, água, ciência, trabalho, esforços que simplesmente terminam no lixo. E sem dúvida encarecem a vida, contribuem para a inflação e a diminuição da produtividade e da qualidade de vida de um povo.
O Brasil joga no lixo todo ano mais de 380 mil toneladas de batatas, e causas estão na produção de produtos fora de padrão, maus hábitos de consumo, estética, tempo do processo entre a produção e o consumo.
Agronegócio consciente integra o produtor e o consumidor. O desperdício causa prejuízo, inflação e fome para uma em cada 10 pessoas vivas no mundo. Pensem nisso.
 
Sobre o CCAS
O Conselho Científico Agro Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.
O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.
Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.
A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel

Publicado por

José Luiz Tejon

José Luiz Tejon Ver artigos publicados

Dirige o Núcleo de Estudos de Agronegócio da ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing. Mestrado em Arte e Cultura pela Universidade Mackenzie, Doutorando em Ciências da Educação. Especializaç&...

jose.tejon@agriculturasustentavel.org.br

Comentários

Atualizações

Referências

www.agricultura.gov.br

Ministério da Agricultura - Portal da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

www.embrapa.gov.br

Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Política de Privacidade | Termos de Uso

2017 © agriculturasustentavel.org.br Imagenet Tecnologia